Páginas

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Relógio da Catedral Nossa Senhora de Lourdes - Certo ou Errado ?


Não sei se você algum dia reparou que o número quatro em algarismo romano  que está no relógio da Catedral Nossa Senhora de Lourdes está escrito como IIII e não  é IV como seria o  normal. Daí vem a pergunta: Porque ?

Há muito anos, em uma estação ferroviária, uma pequena confusão causou um terrível acidente. O funcionário da estação, encarregado de liberar a saída dos trens, olhou distraidamente para o relógio e viu que ele marcava 5 horas (V) e autorizou que um trem saísse. 
Acontece, porém, que o ponteiro das horas estava bem em cima do I, do algarismo IV. Eram 4 horas e não 5! Nesse mesmo momento, um outro trem estava chegando e os dois colidiram gravemente. 
Por causa do ocorrido, houve uma convenção em Genebra onde ficou estabelecido que todo o numeral IV seria escrito em relógios assim: IIII
 Portanto se alguém de fora “ zuar “ do erro ortográfico do nosso relógio da catedral, responda com conhecimento e cultura.  

segunda-feira, 21 de março de 2011

O Enigma de Bukiman - Um filme de Fred Ciappina

O Enigma de Bukiman

Este prelúdio do qual podemos chamar de “FILME” , nasceu de uma brincadeira
entre amigos no ano de 1992, sem nenhuma pretensão cinematográfica, mas sim de diversão. O Enigma de Bukiman traz em seu roteiro cenários naturais da Cidade de Apucarana, destacando a Catedral Nossa Senhora de Lourdes, paisagens, residências e diversos logradouros públicos da cidade na época.Para melhor saber sobre o Filme , assista o Trailer abaixo, e se for corajoso assista também o “FILME” (que está dividido em 6 partes).
AVISO: Não me responsabilizo pelo seu tempo perdido.
Um grande abraço.
Fred.



























0lá !


Espaço
               Criado
                          para
                                 publicar
                                                 as
                                                       loucuras
                                                                        da
                                                                                cabeça !